Artigos LEC | 6 filmes e séries disponíveis no Netflix, imperdíveis para advogados e profissionais de compliance
11117
single,single-post,postid-11117,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-3.3,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

6 filmes e séries disponíveis no Netflix, imperdíveis para advogados e profissionais de compliance

1. (Dis)honesty, The Truth About Lies

Dishonest

Este fantástico documentário tem como base o trabalho do economista comportamental Dan Ariely, especialista no estudo da desonestidade. Vários mentirosos que foram pegos contam suas histórias de como e porque começaram a mentir, revelando coincidências nos fundamentos de suas mentiras e as consequências trágicas destas ações. Dan Ariely apresenta não apenas os resultados alcançados no M.I.T., mas todo o processo de desenvolvimento dos estudos, que apontam resultados surpreendentes. O filme é dinâmico, bem humorado e a linguagem é acessível para todos.

 

2. Breaking Bad

breaking_bad

A série americana, criada e produzida por Vince Gilligan, conta como um professor de química acaba se envolvendo com grandes traficantes. Após ser diagnosticado com câncer, e pensando em deixar algum dinheiro para sua família, Walter passa por um obscuro processo de transformação, saindo da figura do passivo e pacato professor para alcançar o status de um temido traficante de meta-anfetamina. A série revela como as pessoas comuns podem ser corrompidas facilmente, especialmente diante de um forte motivo que possa levar à racionalização destas ações. Ética, tráfico de drogas, lavagem de dinheiro são alguns dos temas abordados nesta premiada série, que ganhou dezesseis Primetime Emmy Awards, oito Satellite Awards, dois Globos de Ouro, um Prêmio Escolha Popular e, em 2014, entrou para o Livro dos Recordes como o seriado mais bem avaliado de todos os tempos pela crítica.

 

3. Suits

suits

A série expõe não apenas a árdua atuação dos advogados corporativos, mas os bastidores de um grande escritório de advocacia em Nova Iorque, expondo detalhes sórdidos da disputa pelo poder dentro da organização, de maneira caricata e muito divertida. Excluindo os exageros, se você atua na advocacia empresarial, ou no mundo corporativo, de modo geral, é fácil se identificar com diversas passagens da série. A “cereja do bolo” é a brilhante atuação de Patrick J. Adams, no papel de Mike Ross, um jovem muito inteligente, assombrado por decisões equivocadas tomadas no caminho para tentar se tornar advogado, e de Gabriel Macht, no papel de Harvey Specter, um advogado muito bem-sucedido, que não mede esforços ou consequências para alcançar suas vitórias, tendo sempre uma boa frase de efeito para cada situação.

 

4. O Lobo de Wall Street

wall_street

Baseado em fatos reais, na história de Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio), operador da bolsa de Nova Iorque que foi da fortuna à ruína após adotar medidas nada ortodoxas para enriquecer, terminado preso, o filme revela a rotina cruel dos operadores do mercado financeiro, que procuram desesperadamente um caminho para o sucesso. Controles internos, crimes contra o sistema financeiro, FCPA, SOX e o compliance financeiro são temas escancarados neste grande filme, que conta com a elogiada direção de Martin Scorsese.

 

5. Scandal

scandal

Nesta série americana, criada por Shonda Rhimes, que se passa em Washington, D.C e é estrelada por Kerry Washington, no papel de Olivia Pope, uma ex-funcionária da Casa Branca é a proprietária de uma empresa de gestão de crises, que adota diversas medidas ilegais e antiéticas, sempre com o intuito de livrar seus clientes de problemas supostamente maiores, tanto na esfera legal, quanto no âmbito dos consequentes abalos reputacionais.

 

6. Billions

Billions

Nesta série, Chuck Rhoades (Paul Giamatti), um agressivo procurador de justiça com planos de se tornar governador de Nova York, e Bobby Axelrod (Damian Lewis), um dos homens mais ricos e poderosos de Wall Street, travam uma verdadeira batalha. No desenrolar da série, é possível identificar temas como utilização indevida de informações privilegiadas, compliance financeiro, conflito de interesses. É interessante assistir à atuação do Departamento de Justiça Americano assim como da SEC (Security Exchange Commission) no desenrolar da série.



FAÇA PARTE DA LEC COMMUNITY E RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO