Artigos LEC | Selo Pró-Ética: “A Régua subiu”
10731
single,single-post,postid-10731,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-3.3,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Selo Pró-Ética: “A Régua subiu”

O número de interessados em conquistar o selo Pró-Ética mais do que dobrou em relação a 2015. Mas o total de empresas reconhecidas neste ano ficou bem longe dessa proporção

pro_etica

Quem não gosta de ter o seu trabalho reconhecido? E se esse reconhecimento diz respeito a um tema tão em voga e tão sensível no atual momento do Brasil, como é a questão da ética e do combate à corrupção, o valor passa a ser ainda mais especial. Por isso, o selo Pró-Ética, iniciativa lançada em 2010 pelo Ministério da Transparência (CGU) em parceria com o Instituto Ethos, é cada vez mais valorizado pelas companhias.

“Este prêmio é um incentivo formidável, pois representa o reconhecimento do Poder Público de que estamos no caminho certo em termos de gestão da integridade. Para nossas equipes é o reconhecimento de que vale a pena incorporar a integridade e o ‘fazer o que é certo’ no dia a dia de nosso trabalho”, afirma Roberto Medeiros, superinten- dente de Compliance da Neoenergia, maior grupo privado do setor elétrico no Brasil.



FAÇA PARTE DA LEC COMMUNITY E RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO